Quarta-feira, 30 de Julho de 2008

Lei Seca - sugestão de medida complementar

***

***Os motoristas de todo o Brasil concordam em se submeter pacificamente à aplicação da Lei Seca e das suas penalidades (lei-cidadã de inequívoco alcance no que concerne à segurança dos transeuntes, passageiros e motoristas brasileiros), sugerindo contudo, que a sociedade examine a conveniência de ...

***
...que o atual Presidente da República Federativa do Brasil seja submetido ao teste do bafômetro, ANTES DOS SEGUINTES ATOS:***
- assinar quaisquer medidas provisórias, decretos, mensagens de veto total, leis ordinárias, complementares, delegadas, vetos parciais e propostas de emendas à Constituição;***- encaminhar projetos de leis ao Congresso;***- pronunciar discurso na sessão de abertura anual dos trabalhos da ONU ou no Congresso Nacional;***- se dirigir ao papa, reis, rainhas, ministros plenipotenciários, embaixadores ou representantes de países estrangeiros;***- se reunir com os presidentes da Venezuela, Argentina, Bolivia, Paraguai, Equador e com o DITADOR e ex-presidente cubano;***- se reunir com grupos estrangeiros interessados em adquirir empresas aéreas insolventes ou em fase de insolvência, principalmente quando usam dinheiro do BNDES;***- pronunciar discursos em praça pública na inauguração de obras, programas ou em palanques políticos, os quais, na verdade, se confundem;***- afirmar que não sabia, não sabe e continua não sabendo de nada sobre os atos de seus funcionários e representantes nomeados;***

- nomear autoridades do primeiro escalão da República ou assinar atos de nomeação de presidentes e diretores de empresas estatais, paraestatais ou de economia mista;***- se reunir com assessores de qualquer nível, autoridades eclesiásticas ou representantes de quaisquer crenças, ritos, práticas religiosas, organizações não-governamentais legítimas ou de fachada e organizações da sociedade civil organizada;***- colocar na cabeça bonés do MST, da Via Campezina ou de outras organizações que tenham como lema "na lei ou na marra";***- reuniões coletivas de imprensa ou destinadas a apresentar programas de impacto social, políticas públicas, programas de aceleração e quetais;***- afirmar que a saúde pública no Brasil é supimpa;***- antes do programa "Café da Manhã Com o Presidente".

***Por outro lado, os motoristas do Brasil sugerem...
***
... que o Presidente da República seja dispensado do teste do bafômetro antes, durante ou depois de:***- reuniões em família;- festas juninas;- sessões no cineminha do Palácio do Alvorada;- assistir programas televisivos humorísticos ou dominicais;- bate-papos informais na Granja do Torto ou no Alvorada;- reuniões descontraídas com os "cumpanhêro";-emitir opiniões pessoais sobre o "Curíntia", dentre elas as que se referem a escalações e táticas.
***
Texto resumido do que foi enviado por e.mail por Mara Montezuma. A idéia, muito apropriada, merecia uma foto-montagem.
publicado por puteiro-nacional às 11:36
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 23 de Julho de 2008

O chulé presidencial e a Câmara FEDEral

***
***
Luís Inácio acaba de assinar decreto com multas pesadas aos infratores ambientais, em que serão punidas também as empresas que emitem mau cheiro. Como nosso presiMente não perderia a ocasião para fazer uma de suas cenas de astro-pop, plantou um pé de ipê roxo no Centro de Triagem de Animais Silvestres, e foi chamado por Carlos Minc (o Ministro que pede licença em público para fazer o que ninguém pode fazer por ele) de ecopresidente. Em seguida, quando os repórteres perguntaram ao Ministro que árvore Luís Inácio estava plantando, Minc brincou e disse "é um pé de meia".
***
***

Fotos tão lindas quanto as de ipê roxo não merecem estar no meio de comentários sobre política, mas nos fazem esquecer, por pouquíssimos segundos, de tanta sujeira.. ***

Juntando a referência às empresas que emitem mau cheiro, com a brincadeira sobre o pé de meia que estaria sendo plantado, na mesma hora me ocorreu um fato narrado no livro "Viagens com o Presidente" (pág.109), em que a deselegância de Luís Inácio, acompanhada da necessidade doentia de aparecer, ainda que de forma grotesca, se evidenciou mais uma vez.
***
***
O deputado e ex-sindicalista Vicentinho (PT-SP) contou a um grupo de repórteres como foi o retorno de uma viagem à África. "Ao cruzar o Atlântico, Lula deixou a cabine presidencial demonstrando tristeza e com uma meia na mão direita: - Companheiros, acho que estou com chulé."

***

Como é injusto punir apenas as empresas, aconselho nosso presiMente a incluir, nesse decreto que foi assinado, tanto multas quanto outros tipos de punição ao Congresso FEDEral. Certamente nenhuma empresa consegue poluir tanto o ambiente quanto fazem esses parlamentares, principalmente nos dias em que muitos deles comparecem ao seu "local de trabalho", como nos dias de nos impor decisões que os favorecem e conseqüentemente nos prejudicam.

***

publicado por puteiro-nacional às 11:35
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Terça-feira, 22 de Julho de 2008

Pinóquio deve estar morrendo de inveja

***
Nota antecipada:
Para evitar que se torne um plágio presunçoso, é preciso avisar que a repetição da palavra mente e mentir no texto abaixo, é inspirada no Poema da Mente Deficiente, de Affonso Romano de SantAnna.
******
Depois de toda a confusão provocada com a prisão de Daniel Dantas, Luís Inácio permitiu a divulgação de quatro longos minutos da reunião de quase três horas em que foi decidido o afastamento do delegado da Polícia Federal, responsável pelo incômodo causado ao pobre homem. A gravação, logicaMENTE, desMENTE o presiMENTE que afirmou anteriorMENTE que o delegado Protógenez Queiroz havia se afastado por vontade própria.
***
O presiMente, muito burraMente, acreditou que um trecho tão pequeno da gravação não poderia desMENTIR mais uma de suas MENTIRAS, o que certaMente não fará diferença alguma, afinal o presiMente mente tão bem que consegue convencer a si próprio.
***
Após reunião com nosso presiMente, que os chamou para acabar com a briga em torno do prende-solta do banqueiro, Tarso Genro e Gilmar Mendes enfim descobriram como o amor é lindo... quando interessa.

***

***
E, como a mentira é irmã gêmea da tapeação, o Banco Central afirmou que Daniel Dantas não é um banqueiro. Segundo o BACEN, Daniel Dantas é mero cliente do banco e a ele só pertence a marca Opportunty (esta notícia escabrosa está no blog da Miriam Leitão de ontem). Sabe-se lá qual foi o milagre (nada divino) que o empobreceu, mas a única verdade nessa esculhambação toda é que, mais de uma vez nos últimos anos, Daniel Dantas teve direito a reembolso do que pagou ao Imposto de Renda. Enquanto isso, quem trabalha e recebe um reles salário, um pouquinho melhor, é obrigado a deixar parte do seu dinheiro nos cofres da União para ser gasto com uma patota de nível cada vez mais baixo. Essa gentalha vai desde a ministra do relaxa e goza, até o outro que pede licença em público para ... fazer o que ninguém pode fazer por ele. Com todo respeito - a quem lê este blog, não a eles -, Carlos Minc é o responsável por esta última cagada.
***
Só para terminar de vez com este assunto,
porque ninguém o suporta mais (nem eu),
uma pequena historinha, bem atual e oportuna,
sobre a Justiça Nacional:
***

No dia 29 de junho, Gilmar Mendes estava passeando na orla da praia, em Fortaleza, quando um rapaz de dezoito anos tentou roubar seu cordão de ouro. Imediatamente seus seguranças o prenderam. O aprendiz de meliante, réu primário, foi preso e indiciado por tentativa de assalto, sem direito a habeas corpus. Até a última sexta-feira (dia 18 de julho) ao rapaz não tinham permitido nem a visita de seu pai. Bem feito, quem manda não ser um ladrão beneficiado pela Justiça como políticos e certos banqueiros.

***

Q U A N T O D E B O C H E !

publicado por puteiro-nacional às 04:55
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 18 de Julho de 2008

Mão à palmatória e castigo no milho

***
Versinho de botequim, bem de acordo com essa política chinfrim.
***
***
Em mais de uma suas mentiras escrachadas, Luíz Inácio afirma que o delegado da PF - junto com dois auxiliares - é afastado do caso Daniel Dantas por vontade própria. E ainda, seguindo sua característica autoritária e arrogante diz:
***
""Acho que "esse" delegado tem que ficar no caso. “Esse cidadão” não pode, depois de fazer uma investigação de quase quatro anos, na hora de finalizar o relatório, dizer “eu vou embora fazer meu curso” (desculpa usada para o afastamento) e ainda dar vazão a insinuações de que foi tirado. ... A não ser que ele não queira e diga que não quer.""
***
Mas, está gravado – e todos ouvimos – que o delegado não quer se afastar do caso antes que esteja terminado. MENTE, mais uma vez, presiMente.
***
Seguindo a inspiração de Joaquim Ferreira dos Santos (que não merece ter seu nome citado neste capítulo ... relembro os tempos da palmatória e a época em que crianças levadas ou mentirosas ficavam de castigo ajoelhadas em caroços de milho.
***

***

E já para o castigo. De joelho no milho, agora mesmo, até a aprender a deixar de ser mentiroso.

publicado por puteiro-nacional às 03:10
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Quinta-feira, 17 de Julho de 2008

Para quem conheceu a ingenuidade...

***

... ou aqueles que gostariam de saber o que é isto.

Texto escrito por Joaquim Ferreira dos Santos num momento de saudade dos velhos tempos
e extrema inspiração.
***
O toucinho que estava aqui ***
***
Alberto Villas, jornalista da pesada, há dois anos lançou o livro "O mundo acabou" e ficou meses na lista dos mais vendidos. Nada de muito complicado, como é da índole das boas idéias. Villas relacionava coisas desaparecidas, como uma latinha de Neocid, aula de catecismo e a meia-sola. Suspirava saudade enquanto cerzia a meia no ovo de madeira. Acreditava, como eu, que o Flit e o flerte guiavam a Humanidade no fito dos bons propósitos. Hoje, no momento em que eles se foram, ficamos assim. Fritos.
***
Um dia fomos tomar uma banana split no prédio da Mesbla, no Passeio, e Alberto sentiu que estava diante do homem certo. Primeiro, como se quisesse dar solenidade ao momento, ele cofiou o bigode com um pente de plástico Flamengo. Depois, puxou uma folha de papel almaço que trazia num dos bolsos da japona e pediu que eu assinasse ali, ao pé do contrato, um compromisso para redigir a orelha do livro. Fiquei lisonjeado, sorri aquele branco de quem passava carvão nos dentes, orgulhoso até o vinco da calça, e fi-lo imediatamente com a minha Parker 61, aquela da flechinha na ponta,, embebida em Super Quink. Pus aos pés o jamegão. Passei o mata-borrão para secar o excesso do azul real lavável e apertamo-nos as mãos, com os pronomes pessoais no caso oblíquo estalando na ponta da língua como se fosse uma argüição oral.
***

O livro deu certo, e eu, na modéstia dos leoninos do segundo decanato, achei que tinha funcionado para o projeto como um chaveiro com pé de coelho, um Mug Simonal ou aquele indiozinho que dava cor tropical às transmissões da TV Tupi. Fui regiamente pago com uma blusa Ban Lon vinho, um almanaque dos Sobrinhos do Capitão e um vasilhame de leite CCPL. Não precisava tanto, mas o Alberto é um cara criado com mingau de aveia Quaker para sustentar a musculatura e a oração de Julio Louzada para nortear os princípios da alma. Nunca o acometeu uma espinhela caída de doença ou crime ético de colocar gilette na rabiola da pipa. Um homem digno, desses que não seriam empregados em qualquer organização do Daniel Dantas.

***

Eis que agora Alberto, que como todo mundo está saturado de vida real, que como todo mundo não agüenta mais abrir o jornal e ser informado de que de todas as nostalgias apenas a do bicho-papão de fato existe - eis que ele prepara outra edição, com o título de "O mundo acabou de novo". É o "vamos fugir” de 2008. Para o Parque Xangai, no Rio, ou para o circo do Henrique e Arrelia, em São Paulo, mas longe de qualquer bala perdida. Alberto quer descansar um pouco da obrigação profissional de informar dos corruptos, dos canalhas, dessa tralha que nem a lavadora Bendix nem a sua água sanitária Super Globo dão jeito.

***

Parece que ele agora vai se dedicar mais a colecionar expressões desaparecidas por carregar em no bojo sentimentos ou objetos já incompreensíveis para os jovens. "Esse filme é um abacaxi", "Ele passou para o científico", "Eu quero uma ligação para Recife", "Eu quero é mocotó".

***
No novo livro, Albert suspirará saudoso pelo tempo em que as visitas pediam permissão para ir à casinha ou, diante de moça recém-casada, perguntavam se já tinha encomendado à cegonha. Havia pundonor, enteroviofórmio, emplastro e pedrinha no feijão. Mas não esse medo nauseabundo de ser morto pela PM no meio da rua. Não é escapismo, nada ver com a celebração do paraíso de 1958, mas um jeito de se pegar de novo a idéia da coisa - e, pela divulgação da lembrança, fazer com que o cotidiano das cidades volte a ser um quintal feliz.
***

Alguém escreveu outro dia "Saudade da gonorréia" num muro de São Paulo. Alberto, mais elegante, comparando os medos de hoje com os de antanho, certamente grafitaria a nostalgia do medo maior de uma criança: "Saudade da carrocinha de cachorro". O resto era uma civilização envolta na seda azul do papel que envolvia a maçã.

***

"O mundo acabou de novo" sai nos próximos meses e é mais uma tentativa bem-humorada de, através da memória de nossas inocências, de nossos pirulitos de chocolate da Kibon, chamar a assistência para que o doutor aplique uma pílula de vida em nossas existências moribundas. É uma tentativa de se chamar a rádiopatrulha para pôr ordem na barafunda deste condomínio e fazer com que se responda, sem mágoa, mas com indignação de um Mario Vianna, à pergunta que não quer calar: cadê o toucinho que estava aqui?

publicado por puteiro-nacional às 06:17
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|
Terça-feira, 15 de Julho de 2008

De mãos dadas com o STF 2

***
Nos comentários feitos no "capítulo" abaixo (De mãos dadas com o STF) dá para perceber que as opiniões se tornam partidárias. Surge mais um caso novo e logo se dividem em prós e contra o governo, favoráveis ou desfavoráveis ao PT. Pelo jeito, os lulistas aprovam a prisão de Daniel Dantas, enquanto os anti-lulistas, não.
***
Pluschkatt transcreveu, em um de seus comentários, um texto de Reinaldo Azevedo - anti-lulista crônico - em que ele critica a ação da Polícia Federal, que vem demonstrando uma força que não apresentava antes. A quem a PF deve isto?
***
Abaixo, comentário de FERNANDO DE BARROS E SILVA - Mocinhos e bandidos (o que está em letras verdes são comentários meus).
***
SÃO PAULO - As operações da Polícia Federal ganharam corpo no governo Lula e logo se tornaram encenações midiáticas de justiçamento (a encenação é uma das caracerísticas do astro-pop Luís Inácio), uma espécie de teatro instantâneo para a TV cujo clímax reside na imagem da pessoa poderosa algemada e presa por algumas horas. Esse ritual de humilhação e execração pública - pelo qual o acusado fica exposto como se lhe gravassem com ferro em brasa na testa LADRÃO! - tem sido a verdadeira condenação das vítimas endinheiradas da PF. Na Justiça e ao cabo, todos sabem que vão se safar. A PF parece ter descoberto a fórmula mágica capaz de saciar o apetite das massas (o meu, inclusive) fazendo do espetáculo das prisões uma compensação para a quase certeza da impunidade no final. E dá-lhe grampo! - como nunca antes neste país.
***
O delegado Protógenes Queiroz trouxe agora uma novidade à cultura policial da era Lula. As 245 páginas de seu inquérito são produto de uma cabeça messiânica em estado de êxtase . Além de grampear o idioma, o homem da lei se atribui a missão de salvar o país e combater obstinadamente os males do capitalismo (capitalismo é prerrogativa do nosso PresiMente). Protógenes é uma mistura de Eliot Ness com Sassá Mutema.
***
Esse contrabando místico-ideológico que contamina o inquérito serve, na prática, para justificar barbaridades, como o pedido de prisão da jornalista Andréa Michael. Lendo a peça do delegado entende-se por que sua equipe invadiu o consultório de um dentista acreditando prender um doleiro.
***
A inépcia, os atropelos e a megalomania da PF (parece que tanto o estado de êxtase quanto a megalomania são sintomas de contágio) beneficiarão os culpados, a começar pelo "bad boy" das privatizações, o neomeliante que espelha a face delinqüente do moderno capitalismo brasileiro inaugurado com Fernando Collor.
***
Daniel Dantas é um vilão de novela, uma raposa de desenho animado. Todo mundo sabe que ele é o que é (um podero$o que se aproveita do comprometimento de outros tão corruptos quanto ele). Que "gênio do mal" é esse, tão transparente, tão trapalhão, sempre aprontando e sempre em apuros (em apuros estamos nós)? Protógenes corre o risco de tê-lo transformado numa vítima de sua ambição insana de livrar o mundo de todos os seus pecados.
***
Em sua coluna de de domingo, Élio Gaspari conta como Daniel Dantas, ao ser contrariado em seus interesses (escusos, naturalmente), chama o presidente FHC ao embate e, logo depois de um encontro no gabinete presidencial, tem sua vontade atendida. Qual terá sido sua arma? A ameaça?
***
É desprezível um presiMente que sofre de egolatria galopante, que se faz de homem do povo enquanto ridiculariza, humilha e espezinha quem está à sua volta. Mas a mim não importa se o prende-solta de Daniel Dantas beneficia este ou aquele político. Ladrões devem ser punidos. Infelizmente, aqui, só é punido o meliante pobre. Quem tem costas quentes, pelo poder de comprar vantagens ou de chantagear, sempre estará solto.
***
Aliás, o assessor de Daniel Dantas está preso. E ele... solto.
***
Enfim... já não sei mais quem é, de fato, contrário à prisão "arbitrária" de Daniel Dantas ou se é caso de politicagem.
publicado por puteiro-nacional às 03:19
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Sábado, 12 de Julho de 2008

De mãos dadas com o STF

Às vezes uma simples imagem diz mais que palavras, como foi o caso da montagem acima. Ao iniciar os comentários sobre o assunto, encontrei a opinião de Pluschkatt, Leonardo e Alexander.

Abaixo a transcrição de alguns trechos do que escreveram (em azul) seguidos de comentários :

Pluschkatt: A ilação desta foto atenta contra a dignidade do Judiciário. Gilmar Mendes é um dos melhores juristas de nosso país. ... Gilmar Mendes julgou conforme a lei e não ao arrepio da lei ... Se Dantas e cia, são bandidos, que arrumem provas e cana neles.

1 - Existe uma frase antiga que diz "Ninguém é culpado até prova em contrário.", o que é bem diferente da alegação de que o indivíduo só pode ser considerado culpado após julgamento em última instância. Este argumento serve apenas aos podero$o$, pois os bandidos comuns são presos e aguardam julgamento final no xilindró. No caso do podero$o Daniel Dantas, o que não faltam são provas.

2 - O Ministro Gilmar Mendes é contra a divulgação da lista de candidatos com nome sujo. Sua preocupação são as possíveis injustiças que tal informação pode causar a esta minoria que concorre a cargos políticos, numa demonstração de desprezo ao interesse da grande parte da sociedade, que são os eleitores, em se informar sobre a conduta de nossos futuros representantes. Existe uma lei natural que diz "deve sempre prevalecer a maioria".

3 - Será Gilmar Mendes um grande jurista?

Notícia que saiu no jornal Estado de São Paulo:

STF arquiva processos contra Gilmar Mendes : André Raboni - 14/03/08O Supremo Tribunal Federal (STF) arquivou ontem dois processos por improbidade administrativa contra seu presidente recém-eleito, Gilmar Mendes. No primeiro, o Ministério Público acusava-o de em 2002 negar-se a passar documentos da Advocacia-Geral da União, que comandava, para investigação sobre suposta contratação irregular de funcionários. O segundo acusava Mendes, como advogado da União, de lecionar durante o horário de trabalho no Instituto Brasiliense de Direito Público, do qual é sócio-cotista. Os ministros concluíram que autoridades não podem ser processadas por improbidade, só por crime de responsabilidade. E só pode ser punido quem exerce o cargo. Como Mendes já deixou a AGU, as ações caducaram. Nada melhor do que ter as leis em suas mãos .

Leonardo"...quem atenta contra alguma coisa é a própria pessoa com atitudes e preocupações nem sempre honestas...""... mas só o fato de tentar um suborno com tanto dinheiro vivo.. já indica que ele tem culpa de alguma coisa."

  • Alexander:Realmente, a polícia tem preconceitos de classe. Inocente no Brasil é morto pela polícia todo dia, mas esses são pobres e em grande parte negros. Agora, um corrupto bilionário não pode ser algemado.

Interesssante é ninguém se mostrar revoltado quando um pobre ladrão pobre é jogado dentro do camburão após ter sido apenas acusado de roubo ou assassinato, muito antes de ter sido julgado. Em nosso país, há tratamento diferenciado: ricos devem aguardar julgamento em liberdade, enquanto os pobres...

QUE TENHAM TODOS IGUAL TRATAMENTO.
CAMBURÃO PARA TODOS.
publicado por puteiro-nacional às 05:33
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
|
Sexta-feira, 11 de Julho de 2008

Abrindo uma exceção para Joelmir Beting

Informações sobre o Luís Inácio deputado:
***
******
Todos sabemos que Luís Inácio, quando ocupou o cargo parlamentar, não fez coisíssima alguma. Temos um vagadundo na Presidência da República que se interessa apenas em se distrair, seja fazendo campanhas eleitorais ou passeando... com o dinheiro da União.
***
***
publicado por puteiro-nacional às 04:17
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Quarta-feira, 9 de Julho de 2008

Matar ou Morrer

Um carro é alvo de PMs, onde estava um menino que foi morto. Mais um daqueles casos escabrosos que garantem reportagens por muito tempo aos jornais e à TV.

***

***

Acredito que o assassinato do garoto vai além da incompetência policial. Tem um cheiro de medo. Policiais no Rio, atualmente, se sentem tão acuados quanto todos nós. Sabem que não têm como enfrentar os traficantes que se impuseram tanto às leis quanto aos nossos governantes de tal forma que, quando um de nossos politiqueiros precisa ir ao morro fazer uma de suas tapeações, PRECISA LHES PEDIR AUTORIZAÇÃO. E pedem, mesmo. Todos são subjugados pelos mais fortes.

***

***

Não estranho o pavor que devem ter sentido os policiais ao verem aquele carro todo coberto de insulfilme. Aqui, agora, é matar ou morrer. E os mortos nunca são os bandidos.

publicado por puteiro-nacional às 11:25
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

A Lei seca e a lei de cão

A lei seca recentemente decretada pode ser bem aceita por um lado. Entretanto, se torna mal vista por impor a tutela do Estado aos homens já adultos. O Governo tem conhecimento do excelente resultado que traria uma campanha maciça e insistente pela TV, jornais e rádios, mas prefere provocar o medo de uma possível punição.
***
Enquanto o Governo se faz de Grande Pai autoritário e trata o homem como criança sem juízo, o cidadão vai se acostumando à submissão, pois ao Estado deve seu bom comportamento.
***
Veremos qual será a próxima lei tutelar.
publicado por puteiro-nacional às 09:48
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

.posts recentes

. CARA NOVA NO CONGRESSO -...

. Blog do Briguilino - Miau...

. Blog do Briguilino - Miau...

. ...

. HOMENS, UNI-VOS!

. "No future!'

. O que é "um grande homem"

. ...

. Onde ele está?

. A corrupção e o caranguej...

.arquivos

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

.tags

. todas as tags

.subscrever feeds