Quinta-feira, 31 de Março de 2011

Por telegrama ou email, diga alguma coisa... ANTES QUE PERCA SUA VOZ

 

Na primeira noite eles se aproximam, roubam
uma flor do nosso jardim. E não dizemos nada.

Na segunda noite, já não se escondem:
pisam as flores, matam nosso cão. E não dizemos nada.

Até que um dia, o mais frágil deles entra sozinho em
nossa casa, rouba-nos a luz e, conhecendo nosso medo,
arranca-nos a voz da garganta.
E já não podemos dizer nada.



Enviado por Roberto Gullino, que merece aplausos pela insistência em escrever cartas aos jornais, sejam publicadas ou não.
http://www.viafanzine.jor.br/site_vf/pag/2/um_brasil.htm
http://por1brasilmelhor.blogspot.com



"Nosso grupo de SP resolveu fazer uma  'passeata' no STF,  dia 4/4, na base de telegramas, que vão entupir o gabinete do ministro Joaquim Barbosa que está com o processo dos mensaleiros emperrado em suas gavetas e cujo andamento, se não for desengavetado até agosto, será arquivado por decurso de prazo. Diante do fato, estou enviando no próximo sábado o seguinte texto:
 
Ao 
Ministro Joaquim Barbosa
STF – Praça dos Três Poderes
70175.900 – Brasília, DF
gabminjoaquim@stf.gov.br

Na qualidade de cidadão comum mas cônscio de seus deveres com a Nação, quero ufanar-me pelo Brasil, não nas Copas Mundiais, mas por sua postura, sua honestidade e, principalmente, por sua justiça. Portanto, venho, em nome deste desejo, solicitar que V.Excia. se digne a dar andamento, com a urgência que o assunto requer, para julgar os envolvidos no processo chamado de “mensaleiros” para que as responsabilidades recaiam em quem de direito e não em quem sempre arca com tais impasses – os cidadãos de bem que, mesmo revoltados com tantas injustiças e desmandos eternos, continuam trabalhando em prol do país, contribuindo com seu suor, apesar de tantas lágrimas.”

Quem puder e tiver disposição, que participe dessa passeata “telegráfica”, com qualquer texto – o importante será o número de manifestações a chegarem lá, para denunciar o maior imbróglio do governo Lula que hoje ele classifica de inexistente para proteger seus comparsas.



NÃO DEIXE DE PARTICIPAR
OU CALE-SE PARA SEMPRE.









Perdão pelo defeito (quase imperceptível)
 na montagem acima, pela dificuldade no Photoshop
já comentada em outra página.


Montagem com as charges







 
publicado por puteiro-nacional às 08:32
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Quarta-feira, 30 de Março de 2011

Títulos e comendas - Tim-tim ou Tóp-tóp?


"O mundo não pode tolerar a violência contra as pessoas, a violação de seus direitos vitais inscritos na Declaração Universal dos Direitos Humanos proclamada pelas Nações Unidas em 1948".



Palavras de L.I. em Portugal, ao receber o título de 'doutor honoris causa'. L.I., que sempre elogiou ditadores assassinos e violentos, como vemos nas fotos ao lado, mais uma vez fez seu papel teatral.

*

Em Portugal,  L.I. recebe o titulo 
 "Doutor honoris causa"


O que significa tal título?  Informações retiradas do grande amigo Google:


Doutor honoris causa é uma distinção honorífica, o grau de “doutor atribuído a alguém a título de honra”, não por prestação de uma prova acadêmica, como é o caso de uma tese de doutorado. 

Títulos honoríficos são títulos que se dão, geralmente, à nobreza dos países que têm monarquias (barão, duque, visconde, conde, etc.). Este não seria o caso de L.I. que se orgulha por ser um homem do povo, e jura de pé junto abonimar tudo o que estiver ligado à elite.  Neste caso, L.I. seria obrigado a recusar tal agrado.

Títulos honoríficos/comendas são também  um  benefício que antigamente  se dava a eclesiásticos e cavaleiros de ordens MILITARES, mas que atualmente costuma designar apenas uma distinção puramente honrosa"). Estes títulos são dados não só por monarquias mas também por repúblicas e organizações,   como,  por exemplo, 'sir' na Inglaterra, 'Ordem do Cruzeiro do Sul' no governo brasileiro ou mesmo 'aiatolá' no Irã.


 

Para saber o real valor desses títulos 
- entre nós, brasileiros -
basta uma pequena e prática análise 



Esses títulos com nome tão pomposo são um agrado que  não carecem de nada que comprove seu merecimento, como ficou evidenciado no caso em que o governo L.I. agraciou a atriz Taís Araújo.  Ela relatou que ao receber o telefonema comunicando a oferta da comenda perguntou intrigada: "Mas por quê?" A resposta recebida foi por ser uma atriz negra e protagonista de uma novela, por trabalhos anteriores, e no conjunto, pela mensagem positiva que transmite.

Numa pomposa cerimônia, o ex-presidente  condecorou a primeira-dama Marisa Letícia com a Grã-Cruz da "Ordem de Rio Branco", o mais alto grau da mais destacada condecoração da diplomacia brasileira.  Também foram condecoradas a esposa de José Alencar e a esposa de Celso Amorim, além da vergonhosamente conhecida Erenice Guerra.  Uma festa em família, como classificou, na época, o jornal Folha de São Paulo.

Disse a senhora Alencar: "Acredito que (recebi) pelo meu trabalho desenvolvido junto às embaixatrizes, fazendo um entrosamento com elas".  Dias depois, o Ministro Celso Amorim justificou a homenagem prestada a Dona Marisa Letícia: "Não se pode imaginar a atuação do presidente Lula sem o apoio da sua mulher".  

Entre os assessores condecorados, estava Bruno Gaspar, flagrado junto com Marco Aurélio Tóp-Tóp Garcia fazendo gestos obscenos no caso do acidente da TAM (que deu iniciou a este blog). Na cota das celebridades, constam: Fábio Barreto, diretor do fracassado filme "Lula, o Filho do Brasil", os jogadores de futebol Petkovic   e Ronaldo Fenômeno (que nem foi à cerimônia), o ator Selton Mello e a atriz Taís Araújo. 





Ao novo doutor honoris causa, que saiu distribuindo as honrarias nacionais como se fossem cesta básica, com o objetivo de aumentar a simpatia necessária ao seu ego doente, qual será o brinde ideal ?

TIM, TIM...ou TÓP,TÓP ?





publicado por puteiro-nacional às 08:37
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|
Terça-feira, 29 de Março de 2011

'Cri-cri' para os íntimos


... o que pode ser isso?


Sempre (SEMPRE!) que faço alguma montagem no Photoshop, sou obrigada a salvar passo a passo para evitar perder tudo o que foi feito.  Já aconteceu milhares de vezes e só ocorre quando a montagem está praticamente terminada, me obrigando a refazer tudo.

Há um tempo, o problema passou para o blog.  Ontem, foi um horror.  Mesmo salvando por precaução, o que nem seria necessário, após clicar em "publicar postagem", na visualização  aparecia tudo misturado, me obrigando a refazer a página.  Após refazer, ou tudo se embaralhava  de novo ou uma parte desaparecia.  Só para dar um exemplo, dos dez ditadores citados, só apareceram dois na última tentativa, ou melhor, na última insistência.   


Passei o dia inteiro para fazer apenas o capítulo abaixo. Não pude ler os sites com as últimas notícias nem os emails, fiquei sem saber o que escreveram nos outros blogs...  Fiquei presa o dia inteiro a uma única página, que só terminei agora de manhã porque não suportava mais nem ver aquilo.   Agora, sempre que termino, fico imaginando o  que vai aparecer  (ou desaparecer).

Se há algum erro de programação ou algo parecido, qual a ligação entre o Photoshop e o blogspot?  Quem souber o que pode ser isso me diz, por favor.  Meu técnico é excelente, mas só entende da parte parte técnica.



As dificuldades são um enorme estímulo,
principalmente para os insistentes
(ou 'cri-cri', para os intimos).

publicado por puteiro-nacional às 05:58
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 28 de Março de 2011

Qualquer semelhança não é mera coincidência




CARACTERÍSTICAS DOS DITADORES

Com os dados abaixo vemos como o histórico dos ditadores os mostra respaldados em  palavras antagônicas a seu autoritarismo.  São palavras como DEMOCRACIA, TRABALHO, POPULAR, MASSA, DIREITOS, LIBERTAÇÃO, UNIÃO, numa alusão mentirosa aos direitos e à liberdade  do povo, com a intenção de  implantar a sua própria ditadura.

Por outro lado, vemos como é hábito dos ditadores tomarem conta do poder por meio de GUERRILHA EM OPOSIÇÃO ao Governo, MOVIMENTOS, REVOLUÇÃO, sempre baseados no chamado "SOCIALISMO".

Ao mesmo tempo, se fizermos um levantamento, veremos que todos usaram a agressão,  terrorismo,  bombardeio, assassinato em oposição ao governo que não aceitavam, como se tal oposição lhes desse o direito de infringir leis, justamente as leis que não aceitam atitudes criminosas, sejam quais forem seus motivos.


Um resumido histórico de alguns ditadores:
 
Ditador AHMADINEJD
No período que antecedeu a Revolução Iraniana, era um dos jovens militantes da oposição ao xá, partidários do aitolá Khomeini. Durante a Guerra Irã-Iraque (1980-1988), serviu no corpo de engenharia MILITAR. Participou dos serviços de espionagem.
 
 
 

Ditador ALEXANDER LUKACHENSKO
Seus apoiadores afirmam que sua política econômica salvou o país das piores conseqüências do capitalismo pós-soviético. Já seus opositores o acusam de ser ditatorial, sendo conhecido inclusive como "o último tirano da Europa". Os Estados Unidos e a União Europeia proibiram dar vistos para ele e sua família.




Ditador BLAISE COMPAORÉ

Em 1987 quando deu um golpe de estado sangrento que matou o anterior presidente, Thomas Sankara. 








Ditador DENIS SASSOU 
MILITAR (general), recebeu treino militar na Argélia. Foi presidente entre 1979 e 1992 e  foi reeleito em 1997. Pertence ao partido Forças DEMOCRÁTICAS e Patrióticas, o mais  forte  do   Congo.   Foi  eleito  presidente da Organização da UNIDADE Africana  e  presidente da UNIÃO Africana para governar em 2006.   Seu partido faz parte de uma coligação com seis outros partidos:  Convenção para DEMOCRACIA Alternativa,  Partido Nacional Congolês, Partido LIBERAL Republicano, União Nacional para a DEMOCRACIA e Progresso, União PATRIÓTICA para Reconstrução e UNIÃO para a Ascensão Nacional  (o ditador do Congo sabe que a "união faz a força").



DitadorJOSÉ EDUARDO DOS SANTOS
MILITAR, comandante em chefe das Forças Armadas Angolanas. Em 1962 fez parte do Exército POPULAR de Libertação de Angola. De 1970 a 1974, exerceu funções nos Serviços de Telecomunicações na 2ª Região Político-MILITAR. Foi presidente do    Partido do TRABALHO, em Cabinda e comandante-em-chefe das Forças Armadas POPULARES de Libertação de Angola.

 



Ditador FIDEL CASTRO
FILHO DE LATIFUNDIÁRIO ESPANHOL, FOI PARA CUBA AINDA CRIANÇA. Sob o pretexto de derrubar a  vigente ele e se tornou o novo ditador. Foi um grande opositor do então ditador Fulgêncio Batista (1933-59). Em 1953 Fidel liderou um ataque fracassado ao quartel Moncada. Foi condenado, ficou preso durante 15 anos e foi solto devido a uma anistia. Foi para o exílio no México, onde fundou o movimento clandestino revolucionário cubano, junto com o PARTIDO SOCIALISTA. Em 1956 se tornou GUERRILHEIRO.

 
Ditador KADAFI
Presidente do conselho da REVOLUÇÃO formou um clube de OPOSIÇÃO ao governo QUE PERMITIA A ENTRADA DE AMERICDANOS NO PAÍS. Em 1977 criou o conceito de Jamahiriya ou "Estado das MASSAS". Teve ligação direta com o massacre de Munique, realizado no dia 5 de setembro de 1972, durante os Jogos Olímpicos, em que foram assassinados onze atletas israelenses.  Após tomar o poder, declarou  ilegais as bebidas alcoólicas e os jogos de azar, retirou da Líbia todos os americanos, fechou danceterias, bordéis e bares instalados pelos americanos, pelo "respeito aos preceitos morais do islamismo". Proibiu a exportação de petróleo para os EUA e confiscou propriedades internacionais. 
 
Ditador MUGABE
Filho de um fazendeiro.  Participou do MOVIMENTO de Joshua Nkomo, a União POPULAR Africana do Zimbábue (ZAPU), em 1960 e três anos mais tarde funda a União Nacional Africana do Zimbábue - Frente Patriótica (ZANU-PF).  Preso em 1964 , libertado em 1974, QUANDO LIDEROUGUERRILHA EM OPOSIÇÃO ao Governo.   Em 1982 passou a LIDERAR o país sozinho, rompendo a coligação com a Unidade nacional de dois anos com Joshua Nkomo e com a União POPULAR Africana do Zimbábue (ZAPU) de Joshua Nkomo, dominada pela etnia ndeble. Este processo de desunião provocou violentos confrontos entre as duas facções originando uma onda de repressão contra os membros da Zapu.  Nos anos dos seus mandato, Mugabe se afastou completamente dos seus ideais.
Ditador MUBARAK
A partir de sua ascensão na Força Aérea egípcia, tornou-se vice-presidente em 1975, sucedendo Anwar Al Sadat, depois que este foi assassinado em 6 de outubro de 1981.  Nos últimos dias de seu governo, estava sendo alvo de críticas e protestos pela maioria da população egipcia, a qual pedia por sua renúncia, o que acabou acontecendo.

 
Ditador OMAR BONGO

Cumpre o serviço MILITAR, que concluiu como tenente, na força aérea francesa e seguidamente nos serviços secretos.  Adotou uma nova constituição que prevê uma declaração de direitos de estilo ocidental, a criação de um Conselho Nacional de DEMOCRACIA para supervisionar e garantir esses direitos e um conselho consultivo governamental para assuntos econômicos e SOCIAIS. Foi reeleito em 1998  por 66% dos votos.  Partidos de oposição o acusam de manter vastos poderes, como a dissolver a Assembleia Nacional, declarar o estado de sítio, de adiar legislação, determinar a realização de referendos e nomear/demitir o primeiro-ministro e membros do governo.



  FILME É CULTURA
Não percam este documentário elucidativo










Adaptação






publicado por puteiro-nacional às 13:55
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Sábado, 26 de Março de 2011

Hoje DAREMOS NOSSO PITACO


VAMOS APAGAR A LUZ, MINHA GENTE


Lembrado pelo blog DANDO PITACOS
http://apatotadopitaco.blogspot.com/








Em nosso país, talvez o  termo aquecimento global seja visto por muitos como apenas um efeito do verão, coisa que se resolve ligando o ar-condicionado (ou entrando numa loja do shopping mais próximo).

Confesso que o termo aquecimento global já se banalizou de tal maneira que prefiro ser mais drástica e chamar de destruição planetária.  

Alguns certamente acham que não passa de exagero, mas  o efeito deste aquecimento destrutivo global é bem visível quando retornamos de alguma viagem, por exemplo.  Vamos nos aproximando do Rio de Janeiro e vemos aquela camada marrom, que parece uma nuvem empoeirada, abafando nossa cidade... e nossos pulmões.  Aquela imagem prova que não é exagero.

Mas, vamos lá.  Uma horinha sem luz é boa oportunidade  para  sair da rotina.  Podemos aproveitar para descansar os olhos  (nada pior do que isso, é verdade!); ficar  'plantado' na janela (hummmm...  nas cidades grandes corremos o risco de ver um assalto ...); podemos voltar ao tempo da 'luz de velas'  (se nossos avós resistiram por anos, porque não suportaremos uma horinha apenas?);  ou, então, melhor ainda, os casados há décadas podem aproveitar e voltar aos velhos tempos de namoro.

Bom sábado para vocês
das 20,30 às 21,30 - a Hora do Planeta









publicado por puteiro-nacional às 07:39
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

'Censurar internet é ‘estupidez’ - LULA E A METAMORFOSE


Artigo completo em
http://www.blogdodecio.com.br/2010/11/24/censurar-internet-e-estupidez-diz-lula-a-blogueiros/

A mesma deformidade é imagem dos políticos
falsamente democráticos
que processam quem os critica.
 
   
Vídeo e frases contraditórias
 


 
 
Brasília (1º Encontro Nacional de Blogueiros Progressistas) – O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou nesta quarta-feira (24/11/10), em entrevista a blogueiros, que considera “estupidez” qualquer projeto de lei que busque censurar a internet. Ele ressaltou a preocupação do governo com a liberdade de imprensa. 
 

“Eu acho importante que as pessoas que estão acompanhando percebam claramente que nesse período do governo toda vez que falamos com alguém demos total liberdade para as pessoas perguntarem o que quiserem”, disse o presidente. 
Mais uma vez L.I. se faz de bom moço por fazer simplesmente o que lhe é devido, pois dar liberdade de expressão é OBRIGAÇÃO.



O correto é que tudo dependa da vontade popular, não dessas tais de correlações de forças políticas, que não têm nada a ver com nossos desejos e exigências e representam apenas os interesse políticos, não nossos.

 

Os avanços dos meios de comunicação e da imprensa depende da correlação de forças que você tem estabelecida na sociedade, dentro do Congresso Nacional. Eu acho que nós temos que ter pela frente o seguinte poderíamos ter feito mais. As reivindicações são sempre muito fortes – o que é bom – mas as recusas também são muito fortes – o que é ruim”, afirmou Lula. 
Frase característica de quem fala uma coisa e, age contra tudo o que afirmou, uma característica de L.I., a metamorfose.  A metamorfose que sempre foi contra a liberdade de expressão, quando não lhe interesssa.

 



A CENSURA deve ser combatida com uma divulgação insistente.
Se a deixamos crescer, não teremos mais como evitar.

publicado por puteiro-nacional às 06:13
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Sexta-feira, 25 de Março de 2011

Ninguém nos tira o direito de opinar - NÃO DEIXEM DE LER...


... AMANHÃ PODERÁ SER VOCÊ.



Processo contra qualquer um dos blogs
SIGNIFICA CENSURA,
o que nos atinge diretamente,
mesmo que não pareça. 


 

Quanto maior o número de pessoas
dispostas a dizer o que pensam,
maior será o nosso pode de EXIGIR .



Rui Porão, ex-vereador que perdeu o mandato, resolveu processar o blog de Holden Arruda - http://arrudaholden.blogspot.com/, por não gostar do que leu, numa atitude ditatorial.  É a empáfia daqueles que se consideram acima das leis que regem a DEMOCRACIA.   

É preciso lembrar que NÃO ESTAMOS MAIS NUMA DITADURA, que  deixou até hoje um vício tão desagradável que ainda nos bloqueia.  Tanto os que se encolhem e têm medo de emitir suas opiniões e, quando o fazem, se escondem no anonimato;  quanto outros que se dão o direito de inibir a liberdade de expressão, caso sintam-se atingidos.

Talvez por conta deste vício, os políticos ainda não perceberam que AQUELES QUE ENTRAM PARA A VIDA PÚBLICA SE TORNAM UM HOMEM PÚBLICO E, PORTANTO, TEM A OBRIGAÇÃO DE ACEITAR   CRÍTICAS  OU COBRANÇAS, SEM DIREITO DE SE SENTIR PESSOALMENTE ATINGIDO.  Pelo contrário, tem a obrigação de meditar sobre o que leu (como ele mesmo disse - leia abaixo)  e procurar se informar para saber da necessidade de mudar seu comportamento.  Quem não está preparado para enfrentar possíveis críticas, demonstra não ter condições de se candidatar a qualquer cargo político.


E aí vem o mais interessante: No dia 30 de setembro de 2009,  em seu blog, o  ex-vereador  contradisse  sei autoritarismo no artigo  "Até tu MACAXEIRA" . Vejam abaixo:

"Quando se faz um elogio a qualquer órgão do Governo, todos ficam felizes e até te abraçam, agora quando se faz qualquer critica, o bicho pega, e eu pergunto, não deveria ser o contrário? quando somos criticados principalmente por aqueles que querem o nosso bem, isso nos faz parar para refletir e se for o caso corrigir o que está errado. Eu VOTEI, PEDI VOTOS e TRABALHEI para o Madeira, ninguém quer mais que esse Governo se acerte do que eu, é normal que depois de quase um ano de Governo seja necessário alguns ajustes. O Governo do Madeira está indo muito bem, tem tido muitos avanços, agora é claro que alguns órgãos do Governo ainda não se acharam,não se acertaram ainda, é preciso que aqueles que estão fora e torcendo pelo Governo, possa fazer essas criticas, agora logicamente a decisão final é do Senhor Prefeito...
http://www.ruiporao.blogspot.com/


COMENTÁRIOS no blog do ex-vereador
Anônimo disse...  meu irmao voce nao sabe que politica e assim mesmo quem ta mamando nao quer largar. Ouça um conselho deixa isso pra la voce nao e mais vereador tem 13 ai pra fiscalizar e denunciar - 30 DE SETEMBRO DE 2009 23:46


Anônimo disse... esse william macaxeira e babao de politico todo governo ele ta no meio pode ter certesa que ele ou alguem dele ta na folha de pagamento do municipio - 1 DE OUTUBRO DE 2009 22:14
Anônimo disse... Anônimo do primeiro comentario... vc não sabe q politica é assim, quem entra não deixa assim tão fácil, é o caso do Porão, qnto aos 13, eles não fiscalizam droga nenhuma... me espanta essa sua mente pequena, se os nossos representantes eleitos por nós ñ fiscalizam, e muitos de nós ñ temos a coragem alguns tem... - 2 DE OUTUBRO DE 2009 20:17

***

"...tudo que possa mostrar a indignação dos homens/mulheres honrados desse país deve ser publicado, quem tiver medo que um FDP - Falso e Desacreditado Patriota, processe, que fique com esses sem vergonha, quem tiver medo de dizer as verdades que esta corja deve ouvir não merece sequer ter um comentário publicado."

Alberto Figueiredo  


publicado por puteiro-nacional às 09:19
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

COMENTÁRIOS - Quem chafurda na imundície são os porcos

  



A anterioridade da lei é a base da decisão ("positivista")  e esta correto porem, "Ficha Limpa" nasceu do clamor do povo e a decisão deveria ser acatado de imediato. O julgamento popular é soberano.
Carmona



A IMPORTÂNCIA DE SER HONESTO - Diante da decisão do STF sobre a Lei da Ficha Limpa e como todos estão aceitando por respeito à Constituição, seria de bom alvitre que todos fossem “honestos” realmente e dessa “mesma” maneira e não somente honestos por fantasia. Parodiando a velha piada da dissertação do menino rico sobre uma família pobre, os três poderes precisam ser honestos, os políticos precisam ser honestos, os empresários precisam ser honesto, pois há uma escassez de honestidade, fora do comum, no mercado. Honestidade total e não somente quando lhes convém, muito menos, por decreto lei ou por medida provisória.
Roberto Gullino  (texto enviado ontem aos jornais)




Frustrou a parcela da sociedade que acredita em milagres. Antes do julgamento eu já havia dito: a lei da ficha limpa se fuxdeu, a nomeação do Fux foi feita com a única obrigação de salvar a corja que havia sido retirada. O Ilmo. Dr. Ministro que decidiu que o projeto só valeria para 2012, por ter que ser obedecida a constituição. “A Carta Magna prevê que leis que alterem o processo eleitoral só passam a valer a partir de um ano após a sua publicação”. Sempre se obedece a constituição quando quem vai se lascar são os amigos. Como disse também, se ele, o Fux, fosse o que muitos esperavam, menos eu, (não confio em mais ninguém) ele teria pedido a lei, a lei que o povo, aquilo que forma, uma nação, uma pátria assinou e chamaria os outros a responsabilidade de estar ao lado do povo, sem sequer avaliar esta maracutaia que os crápulas levaram para votação no congresso. Obedecer a constituição é obrigação, parabéns Dr. Fux, então que tal mandar prender quem a adulterou ? És tão macho para isso como fostes para dizer que o desejo do povo, só poderia se obedecido em 2012, dando tempo aos crápulas no congresso de aprovarem leis que os resguardem? Pois foi isso que o senhor fez, esqueceu por obediência a constituição que tantas vezes já foi desrespeitada com a conivência desta casa que ai está com a obrigação maior de defender o povo e não abrir espaço para que os ratos continuem infestando os poderes dessa republiqueta de bananas. Republiqueta de homens bananas.
Alberto Figueiredo




Cuidado, leitores! Os direitos individuais estão sob especulação! E no Supremo Tribunal Federal!

Caras e caros, eis um daqueles textos longos, mas essencial para o entendimento que temos, eu e vocês, do mundo. Acho que não vou aborrecê-los.

Algo de muito grave se insinuou ontem no Supremo Tribunal Federal na votação sobre a chamada Lei da Ficha Limpa. Sob o pretexto de se moralizar a vida pública, os direitos individuais acabaram sendo alvos de uma especulação inaceitável. Sob o pretexto de moralizar a vida pública, uma cláusula pétrea da Constituição, que é uma garantia fundamental de todos os brasileiros, foi considerada inimiga da decência. E eu denuncio aqui tais visões distorcidas. O meu parâmetro continua a ser o mesmo: o das sociedades abertas, fundadas nas garantias individuais. O contrário disso é ditadura — nem que seja ditadura de maioria, igualmente repulsiva. Ao caso.

Segundo o Artigo 16 da Constituição Federal, “a lei que alterar o processo eleitoral entrará em vigor na data de sua publicação, não se aplicando à eleição que ocorra até um ano da data de sua vigência”. E ponto! A linguagem legal é muitas vezes uma  “florida galeota empavesada”, como diria o poeta, gongórica, cheia de brocados. Não é o caso deste artigo. Sua clareza é solar e não apresenta interstícios para vocações interpretativas e devaneios condoreiros! Como a tal lei foi aprovada a menos de um ano da eleição então vindoura, resta evidente que não poderia ter sido aplicada em 2010. Ocorre que ela foi — graças a uma sucessão de absurdos que tomou o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que decidiu abraçar o populismo sob o pretexto de abraçar o povo. Por seis votos a cinco, prevaleceu ontem o entendimento de que o Artigo 16 da Constituição impediria a sua aplicação na disputa do ano passado.

Quiseram alguns que se assistiu a uma bela tertúlia jurídica ontem, com um confronto de argumentações sólidas, em que o saber jurídico, ao confrontar leituras distintas, caracterizou-se pelo esmero, pelo cuidado, pela sapiência. Discordo radicalmente! O que se viu foi um confronto entre a Justiça e os justiceiros; entre a argumentação técnica, que apela ao saber jurídico, e certa propensão ou ao apelo à voz rouca das ruas ou, vênia máxima, à ligeireza. O relator do caso foi o ministro Gilmar Mendes, que entendeu que a lei não poderia ter validade em 2010, no que foi seguido por Luiz Fux, Dias Tóffoli, Marco Aurélio de Mello, Celso de Mello e Cezar Peluso. Os ministros Carmen Lúcia, Joaquim Barbosa, Ricardo Lewandowski, Ayres Britto e Ellen Gracie votaram contra o relator.

Quem não quer?

Quem não quer a moralidade na vida pública? Mas ela só pode ser alcançada dentro da Constituição democraticamente votada.  Se admito que um princípio constitucional pode ser violado para fazer uma “justiça” que, de outra sorte, não se faria, então peço ao Mal que se ajoelhe no altar do Bem para lhe prestar reverência. Se hoje, porque somos bons, admitimos que se pode transgredir a lei para pegar os “maus”, um dia os “maus” recorrerão a tal expediente para nos punir — nós, os bons! — sem que possamos nem mesmo protestar, já que uma mesma (a)moralidade nos une, ainda que em campos opostos.

Já basta que o Ficha Limpa jogue na lata do lixo a presunção da inocência sem que tenhamos aberto mão da presunção da inocência; já basta que se ignore o princípio sagrado nos estados de direito da não-retroatividade da lei, embora o princípio da não-retroatividade continue, felizmente, a orientar o nosso direito. Cinco ministros tentaram, nesta quarta, para arremate dos males, fazer letra morta do Artigo 16 da Constituição. Algumas considerações foram apenas ligeiras; outras, no entanto, trazem a semente do mal. Que mal? A visão totalitária de estado. Caso venha a prosperar no STF, estaremos no pior dos mundos (em termos políticos já estamos há muito tempo).

O auge do desatino, entendo, se deu com uma consideração do ministro Ayres Britto, que atuou em dobradinha com Joaquim Barbosa, como dupla sertaneja — depois do “Sertanejo Universitário”, temos o “Sertanejo Judiciário”. Adiante! Segundo Britto, numa consideração escandalosa, “os direitos individuais têm sido usados para esvaziar outros direitos…”  E emendou: “Direitos da cidadania, do trabalho” (podem me xingar à vontade, mas dependendo da situação, ele está certo, principalmente hoje, quando o empregador 'nunca tem razão' e os direitos pertencem apenas aos "pobres coitados", como se  pobreza  fosse comprovante de seriedade e honestidade).  Quem é esse ente jurídico, essa tal “cidadania”? Onde ela mora? Tem CPF ou CNPJ? Que diabo é isso, ministro Ayres Britto? Onde se esconde esse sujeito de direito?

A garantia contida no Artigo 16, como bem lembrou Gilmar Mendes, num voto brilhante, impede que maiorias de ocasião possam, sob os pretextos os mais aparentemente louváveis, mudar as regras de modo a se beneficiar. O texto assegura a igualdade na disputa. Não para Britto, que vê aí um conflito entre “direito individual” (qual???) e “direito coletivo”. Ora, o Artigo 16 da Constituição não foi redigido para proteger o sr. Leonídio Egídio Correa Bouças, que recorreu ao Supremo. Trata-se, ao contrário do que sugere o ministro, de uma garantia geral — ou, se ele quiser, “da cidadania”…

A consideração de Britto é infeliz e vem a contrapelo dos fatos. O que está em curso é justamente o contrário: direitos individuais estão sendo escancaradamente violados em nome dos tais “direitos da cidadania”. Querem um exemplo? Quando um estudante classificado num exame vestibular perde a sua vaga para um cotista, por exemplo, quem está sendo “esvaziado”? A resposta é óbvia: o direito individual!

Estados fascistas e socialistas

Só os estados totalitários vêem os direitos individuais como adversários dos direitos coletivos  (da mesma forma, um estado que procura privilegiar determinada classe pode ser igualmente considerada totalitária). O filósofo Giovanni Gentile resumiu a essência do fascismo: “Tudo no Estado, nada contra o Estado, nada fora do Estado”. No socialismo, poder-se-ia trocar “estado” por “partido”. O objetivo virtuoso de um estado, numa democracia, deve ser garantir os direitos de todos (pobres ou ricos, negros ou brancos, trabalhadores ou  empresários)  garantindo o direito de cada um. Quantos crimes já se cometeram em nome da coletividade!!!

O bárbaro Barbosa

Britto vinha no embalo de Joaquim Barbosa, que não havia economizado no absurdo. Sem contestar uma linha daqueles que o antecederam, resolveu resumir a questão a uma luta entre o Bem e o Mal — escolhendo, a meu ver, o Mal, mas ele estava convicto de estar fazendo o contrário. Segundo disse, tratava-se de optar entre dois primados da Constituição: o do Artigo 16 (logo, Barbosa admite que a Carta impedia a aplicação da lei em 2010!!!) e a defesa da moralidade na vida pública. Depreende-se, assim, de tão douta argumentação que o Artigo 16 concorra para a imoralidade, certo? Pode-se até avançar um pouco mais: se é assim, aqueles que a ele recorrerem para fundamentar o seu voto estarão compactuado coma lambança.

Eis uma consideração, lamento dizer, não muito inteligente, já que a contradição apontada por ele não existe, e também um tanto ofensiva com seus pares. Barbosa tem certa dificuldade de argumentar sem que pareça que ele fala em nome da justiça, e os outros, da injustiça. Não o assiste aquele decoro básico de elogiar o voto contrário ao seu para abrir divergência. Nunca! Fica sempre uma sugestão de que está combatendo a má fé. Vamos ver: com que então a Constituição brasileira abriga um artigo que não pode freqüentar casas de família? Não dá!

Direito, vela e defunto

Ellen Gracie, sempre tão sóbria, parecia estar com pressa ontem. Referindo-se aos votos de Mendes e de Fux, que elogiou, mandou ver: “Gasta-se boa vela com mau defunto”. Entendi que o mau defunto era o brasileiro que usava o seu direito de recorrer à Justiça, pouco importando as suas qualidades morais, não é? Eis aí, ministro Britto, um “direito da cidadania” que só faz sentido se for uma direito individual. Não! Isso não é argumentação jurídica. Isso nem mais é uma metáfora a esta altura, mas um mero clichê esvaziado de sentido. A fala avilta um tantinho o debate.

Lewandowski

O ministro Lewandowski, também presidente do TSE, tem uma trajetória curiosa nessa história. Era crítico do Ficha Limpa. No dia 21 de maio do ano passado, considerava: “A lei só pode retroagir para beneficiar alguém, nunca pode prejudicar”. À medida, parece, que o texto caiu nas graças da imprensa, foi se tornando seu defensor radical…

Caminhando para o encerramento

Escrevi, creio, quase uma centena de textos sobre o Ficha Limpa. Eu e vocês sabemos o quanto apanhei por isso — até de alguns leitores habituais do blog. A minha questão foi sempre a mesma: não se faz uma democracia sem respeitar as instituições. Não será a bandidagem a decidir se a Carta vale ou não no país. Mais do que isso: sempre alertei, e gostei de ver o ministro Fux fazer o mesmo hoje — já critiquei aqui algumas manifestações suas —, que o vírus da transgressão à Constituição contamina as liberdades individuais.

Nesta quarta, o ministro Ayres Britto provou com sobras a minha tese. Ele acredita que, no Brasil, ‘direitos individuais têm sido usados para esvaziar outros direitos da cidadania”. Bem, queridos, nós somos aquela gente esquisita que acredita que, fora dos direitos individuais, não há salvação para a democracia. Na verdade, nós acreditamos que, fora dos direitos individuais, não há nem mesmo democracia.
Reinaldo Azevedo


 
publicado por puteiro-nacional às 05:59
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Quinta-feira, 24 de Março de 2011

Lama aos porcos


Ontem, O STF  decidiu  que Ficha Limpa só vale para 2012.  O Supremo Tribunal Federal, ao atender a lei  supostamente criada para o bem do povo, demonstrou estar contra a vontade do povo. 

O desempate que  "liberou geral" foi graças ao recém empossado ministro Luiz Fux a quem a escória deve  o voto decisivo.   


Os cafajestes, que "estranhamente" conseguiram a reeleição, estão liberados para assumir  a parlamentarice nacional  e continuar roubando à vontade. Nem que seja aquele roubo institucionalizado que lhes oferece verba total de uns cem mil reais por mes, mesmo que nem apareçam no Congresso. Ou até apareçam apenas tres vezes por semana, como exige a pouca vergonha.


Pior é que deverá ser feito um cálculo para saber quantos deputados terão o mandato interrompido para dar lugar aos agraciados políticos da pior espécie, os chamados fichas-sujas. Mas, como desrespeito e incompetência passeiam de mãos dadas no meio político, o TSE informou que não tem a relação dos fichas-sujas.  Talvez - quem sabe? - precise da nossa ajuda.


De acordo com a reportagem do jornal O Estado de São Paulo, esta indecente decisão "é uma derrota para o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que sempre defendeu a aplicação imediata da lei, e adia a entrada em vigor de uma norma que teve origem numa iniciativa popular, com o apoio de 1,6 milhão de pessoas".  O  mesmo Tribunal Superior Eleitoral que não tem a relação dos políticos que não deveriam sequer se candidatar a coisa alguma.  Inferior superioridade a do superior tribunal!


VOTOS A FAVOR DOS DELINQUENTES: 
Luiz Fux, Gilmar Mendes os ministros Antonio Dias Toffoli, Marco Aurélio Mello, Celso de Mello e o presidente da Corte, Cezar Peluso.


MOTIVO ALEGADO: 
A regra presente no Artigo 16 da Constituição Federal determina que lei que alterar o processo eleitoral só pode produzir efeitos um ano após entrar em vigor. 


As leis são sempre providenciais...
para os que fazem as leis.




Reportagem completa no Estadão:
STF decide que Ficha Limpa só vale para 2012
e ‘barrados’ em 2010 vão assumir



publicado por puteiro-nacional às 07:03
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Quarta-feira, 23 de Março de 2011

Aprovação de DILMA-A INCÓGNITA supera a de Lula


O Estadão - José Roberto de Toledo
O saldo de popularidade de Dilma Rousseff supera o de Lula no começo do seu segundo mandato e é o maior entre todos os presidentes desde a redemocratização, se forem comparados apenas as avaliações de cada um após os três primeiros meses de governo.

Os que aprovam Dilma, segundo o Datafolha, são 47%, contra 7% que reprovam: saldo de 40%, portanto. Em março de 2007, no início do seu segundo governo, Lula tinha 48% de ótimo/bom, mas 14% de ruim/péssimo, com saldo de 34%.

Dilma supera Lula em saldo porque é uma incógnita ainda para 12% dos brasileiros, segundo o Datafolha. Esses não sabem o que dizer do governo da atual presidente. Lula, ao contrário, já havia governado por mais de quatro anos em março de 2007 e apenas 1% da população não tinha opinião sobre sua gestão.

Como se vê no gráfico abaixo, o saldo inicial de Dilma supera os de Lula (também no primeiro governo), de Fernando Henrique Cardoso (nos dois mandatos), de Itamar Franco e de Fernando Collor. Nenhum deles começou sua administração surfando uma onda de crescimento de 8% na economia.

À medida que mais pessoas passem a ter uma opinião sobre o governo Dilma, talvez esse saldo caia (ou aumente). Aconteceu a mesma coisa com Itamar e Lula: um porcentual relativamente alto de eleitores não sabia avaliar seus governos três meses depois de eles terem tomado posse.

As pessoas que ainda não sabem avaliar o governo Dilma estão distribuídas em proporções muito similares entre ricos e pobres, entre quem não passou do fundamental e quem tem diploma universitário. Ou seja, não parece ser desconhecimento, mas o pouco tempo que a presidente passou no poder o principal motivo dessa taxa recorde de  'não sei'.

O saldo positivo de Dilma é sensivelmente maior entre quem tem renda familiar mensal até 5 salários mínimos (42%) do que entre os que estão na faixa mais alta de renda (25%). Também é maior entre quem cursou até o fudamental (43%), do que entre os que foram à faculdade (34%).

As diferenças por renda e escolaridade são mais significativas do que as diferenças regionais. A presidente tem saldo positivo de 40% no Sudeste contra 43% no Nordeste, por exemplo.


SEGURA ESSSA, L.I....
 
Usando ou não a incógnita como argumento.
 
 
 






















publicado por puteiro-nacional às 10:20
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|

.posts recentes

. CARA NOVA NO CONGRESSO -...

. Blog do Briguilino - Miau...

. Blog do Briguilino - Miau...

. ...

. HOMENS, UNI-VOS!

. "No future!'

. O que é "um grande homem"

. ...

. Onde ele está?

. A corrupção e o caranguej...

.arquivos

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

.tags

. todas as tags

.subscrever feeds