Segunda-feira, 7 de Fevereiro de 2011

Casos entre a Maria da Penha e o Zé Mané

O jornal de ontem informou que o governo da presidente Dilma prepara uma “ofensiva jurídica e política” para garantir a Lei Maria da Penha, contra a violência à mulher. Diz o jornal:  “o problema é que, na prática, alguns juízes e tribunais têm considerado a lei inconstitucional”.

O artigo conta o caso do Juiz mineiro Edílson Rubelsperger Rodrigues que se referiu a essa lei como um “conjunto de regras diabólicas”. O juiz foi considerado preconceituoso e afastado pelo Conselho Nacional de Justiça.

Além do juiz citado, outros começam a alegar que a lei dirigida especificamente às mulheres seria uma ofensa à igualdade entre homens e mulheres, o que é indiscutível, pois desde que  resolveram queimar sutiãs na praça, há décadas atrás, ouvimos elas afirmarem que são iguais aos homens, além de exigir direitos iguais.  Portanto, se os direitos devem ser iguais, esta lei não "atende suas exigências" e, então, não deveria existir .    

Parece que, enfim, começa a se tornar evidente a covardia de uma lei que vem sendo muito usada às avessas, principalmente por 'vítimas' que, hoje, são bem mais perigosas que seus 'algozes'.

E, por favor, 
nós nunca seremos iguais aos homens.
(mesmo que eles usem brincos e façam depilação)

Viva a diferença!


NOTA: todos podem discordar à vontade,
só não fiquem zangados com quem 
não tem a mesma opinião que vocês. 

publicado por puteiro-nacional às 04:06
link do post | comentar | favorito
|
7 comentários:
De Dora a 7 de Fevereiro de 2011 às 09:05
É má-fé! Ou dô de cotovelo rs...
Por que os apontados não reivindicam a aceleração de pesquisas que capacitem o macho a conceber, gerar, parir, amamentar...

Viva a diferença, sim!!!

A charge é ótema!


De Jurema Cappelletti a 7 de Fevereiro de 2011 às 09:22
Dora, ainda bem que não ficou zangada comigo! Fiquei aliviada! Quanto à charge, infelizmente não é minha. Só acrescentei a frase, que também não é minha, pois ouvi em conversa com a Luzia.


De Jurema Cappelletti a 7 de Fevereiro de 2011 às 09:30
Dora, só esqueci de dizer que as mulheres "sofrem" com a maternidade por escolha. Enquanto muitos homens se tornam pais mesmo que não queiram.

Mas não tenho condições de opinar sobre o assunto. Acho que fui homem em outra vida... e devo ter aturado muita coisa. Precisaria fazer milhares de sessões de regressão para entender.

Bjs, Ju


De Ajuricaba a 7 de Fevereiro de 2011 às 10:08
Conheço um caso de um cidadão que invocou uma variante da lei por similaridade, num modelo tipo Zé da Penha; e ganhou.
Tem uma lei tramitando no congresso que proibe exames de DNA pré parto e obriga supostos pais a assumirem todos os custos durante a gravidez, apenas por provas testemunhais. É uma legalização do golpe da barriga.
A coisa está caminhando para posições radicais de ambas as partes, o que não é bom.


De incognitus a 7 de Fevereiro de 2011 às 11:38
Me recuso a menstruar engravidar parir e amamentar
Num somos iguais para nossa alegria e que continue a diferença para que possamos encher nossos olhos na praias clubes etc etc.
Homem é bicho feito a machado sem retoque final sem acabamento viva a beleza feminina


De Dora a 7 de Fevereiro de 2011 às 17:01
Ju, nunca me zanguei com vc, só discordei, talvez nem isso, e lá vou eu de novo: prá fazer filho precisa de dois. Quem cai em golpe da barriga, além de trouxa é irresponsável. Paternidade responsável, já!

Qq pessoa tem direito a se valer dessa lei, mas o histórico de mulheres surradas e maltratadas desde priscas eras, com a aquiescência da sociedade e de autoridade policial, é um fato inegável. A lei MP veio p/ corrigir, de maneira oficial, essa distorção, a de que mulher é propriedade do "companheiro" e assim este poderia tratá-la como quisesse.

Quanto à proibição de exame de DNA pré-parto, é estranho: proibir, por quê? Obrigar o carinha a ter despesa sem a certeza de que é o pai?

Incognitus, adorei a tua ideia de ser talhado a machado, sem retoque, etc, mas...dá uma lixadinha básica pq farpa machuca prá "xuxu"! Em meu 1o. comentário faltou um ponto de interrogação depois de "(...)amamentar...".

E Viva!... outra vez! rs


De Jurema Cappelletti a 8 de Fevereiro de 2011 às 01:47
Ajuricaba, são muitos os casos em que essa lei é usada de forma covarde. A melhor maneira de saber disso é conversar com as pessoas para conhecer alguns causos. Hoje vou "entrevistar" a Luzia, o que deveria ter feito ontem. Mas ainda está em tempo.

Incognitus, também me recuso ao menos a engravidar parir e amamentar. Ninguém me convence de que ter filho é uma "necessidade" feminina. Duvido que não seja uma idéia encomendada . O mais interessante é ver os anúncios de produtos infantis: as criancinhas sempre sorrindo, a mãe com ar de tranquilidade e alegria eterna e todas lindas e limpinhas. Só que a realidade combina mais com a aquela música 'churrasquinho de mãe" (mamãe, mamãe, mamãe, o avental todo sujo de ovo..)
Quanto aos homens serem um bicho feio, discordo. Aliás, já reparou que os homens, quanto mais velhos, mais bonitos ficam ? Caetano Veloso é um grande exemplo.


Dora, é verdade que para fazer filho precisa de dois (aliás, atualmente, nem é bem assim!). Mas são muitos os maridos que gostariam de manter um casamento a dois, sem filho para atrapalhar. Mas nem teriam coragem de dizer isso, para não ser linxado, principalmente pela família da santíssima esposa.

TALHADO A MACHADO!!! Tá explicado: adoro coisas rústicas!

Um abração, Ju



Não é só o homem. Muitas mulheres não nasceram para enfrentar essa nobre causa. Mas não admitem isso nem para si mesmas.

Nem adianta comparar com os animais, porque eles não têm raciocínio nem condições de escolha.


Comentar post

.posts recentes

. CARA NOVA NO CONGRESSO -...

. Blog do Briguilino - Miau...

. Blog do Briguilino - Miau...

. ...

. HOMENS, UNI-VOS!

. "No future!'

. O que é "um grande homem"

. ...

. Onde ele está?

. A corrupção e o caranguej...

.arquivos

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

.tags

. todas as tags

.subscrever feeds